Nem sempre é possível agradar gregos e troianos

Nem sempre é possível agradar gregos e troianos

Nem sempre é possível agradar gregos e troianos

Outro dia estava conversando com uma amiga minha, e ela começou a me falar do quanto estava desanimada com a atitude de algumas clientes. Ela dá cursos na área de Beleza e Estética e um dia, durante um curso, ela se viu perplexa, com a atitude de uma aluna, que queria saber como era o certificado do curso. Quando ela apresentou o certificado que as alunas iriam receber no final do curso, caiu sobre a sua cabeça, uma “chuva” de reclamações, por causa da aparência daquele certificado, até que uma aluna chegou a dizer ” Esse é certificado que se apresente? Eu não quero esse certificado! Isso não é certificado, que horrível!”.

A minha amiga ficou extremamente decepcionada com a atitude da aluna, e se defendeu dizendo que não é o certificado que vai definir se ela vai ser uma boa profissional no futuro, que ela não devia se preocupar tanto com a aparência do certificado e sim com a técnica que está sendo ensinada, porque não adianta ter um certificado bonito, não aprender e não fazer um serviço bem feito, não adianta fazer o curso só pra receber um certificado, é preciso aprender e apresentar qualidade nos serviços, não é assim que funciona.

E agora o que fazer nessa hora? Quando ela me contou eu disse pra ela não ver isso como uma coisa ruim, que eu sabia muito bem o quanto ela era dedicada e responsável no seu negócio, que a atitude daquela aluna não era pra lhe desanimar, mas aproveitar essa situação e fazer melhor, refazer o tal certificado conforme as alunas queriam, e foi então que me comprometi em fazer o tão questionado certificado pra ela conforme as alunas queriam.

Resultado: Elaborei um novo certificado e as alunas enfim, acharam lindo de morrer!!! Tem situações que por mais embaraçosas e negativas que pareçam ser, podem nos ajudar a melhorar cada vez mais. É preciso extrair o lado bom das coisas, estar disposto a receber críticas e utilizar elas a nosso favor para mostrar para o nosso cliente que temos a solução para o seu problema.

Sugeri a ela posteriormente, ao abrir novas turmas, a fazer uma entrevista com suas futuras alunas para diagnosticar qual o verdadeiro interesse delas no curso e impor como profissional responsável, o ensino  do curso somente para pessoas realmente interessadas a aprender, pois mais do que ensinar, a sua imagem também está em jogo, pois o aluno realmente interessado vai aprender e dará bons frutos, irá indicar Você futuramente como referência no assunto.   Selecionar bem um determinado público trará mais benefícios para o seu negócio.

Afinal nem sempre é possível agradar a todos não é mesmo? Então, você já decidiu quem vai agradar? Deixo aberto para sua reflexão. Aproveite e se cadastre gratuitamente para participar das nossas palestras e receber nossos conteúdos e dicas exclusivas. Abraços!

Leave a Comment